Mitos X verdades da atividade física

O especialista em emagrecimento Zanon Macedo alerta para as lendas por trás das práticas de exercícios
28 de fevereiro de 2022 às 14:26

COM ASSESSORIAS – As redes sociais popularizaram ainda mais as práticas de atividades físicas, com diferentes perfis de influenciadores fitness e páginas de saúde e bem-estar. Além disso, a pandemia virou a chave para muitos, que passaram a priorizar a saúde. “Tudo isso é excelente, pois a busca por um corpo saudável aumentou e isso só traz benefícios. Porém, é preciso estar atento ao que realmente funciona”, alerta o professor de educação física, especialista em emagrecimento e criador do método 40+, Zanon Macedo.

Confira os mitos e verdades em torno da atividade física:

1- Treino em casa não emagrece.

Mito! É possível sim treinar em casa, somente com o peso do corpo, e obter resultados muito satisfatórios. Para isso, é preciso um treino de alta intensidade, que movimente o corpo todo.

2- Depois dos 40 é mais difícil perder peso.

Depende. O metabolismo fica sim mais lento, mas é possível reprogramar e acelerar ele com alimentação correta e exercício físico de alto impacto. Que ative o fator do ciclo do metabolismo queimador. Elevando hormônios queimadores de gordura de forma 100% natural.

3- Caminhada emagrece.

Mito! Caminhada é um bom exercício para melhorar o condicionamento, desestressar, mas não emagrece. Para perder peso é preciso fazer exercícios de alta intensidade, que elevem bem os batimentos cardíacos e movimentam todo o corpo.

4- Abdominal para perder a barriga.

Mito. Abdominal serve para fortalecer o músculo do abdome e não para perder a barriga. Para perder a barriga é preciso movimentar todo o corpo, perder gordura como um todo e não focando em uma ginástica localizada.

5- 20 minutos de treino é suficiente, por dia.

Verdade. Com o treino correto, movimentando o corpo todo, você ativa hormônios queimadores de gordura e te faz obter bons resultados.

Zanon ressalta a importância de ter acompanhamento de um profissional de educação física ao fazer os exercícios. “É importante ter acompanhamento, mesmo que online, para não causar nenhuma lesão, ter qualidade de treino e resultados satisfatórios. Lembrando que esse profissional precisa ser credenciado no Conselho Regional de Educação Física (CREF)”, finaliza.