IR Solidário: Organize seu final do ano e faça uma doação

Compras, férias e Impostos, confira dicas de como usar a solidariedade e fazer doações que impactam crianças e adolescentes
18 de dezembro de 2021 às 10:00

COM ASSESSORIAS – O último mês do ano representa o encerramento de ciclos, é cercado de celebrações, férias escolares e momentos com toda família. Atividades que, se realizadas com planejamento financeiro, podem trazer um pouco mais de tranquilidade e também a oportunidade de praticar a solidariedade, beneficiando quem mais necessita. Até 30 de dezembro, os contribuintes podem destinar até 6% do Imposto de Renda para Organizações Sociais, sem gastar um centavo a mais por isso.

Ao separar um tempo para se organizar financeiramente, você pode fazer o bem e beneficiar diretamente comunidades afetadas pela pandemia. As doações podem ser feitas por aqueles que optam pelo formulário de modelo completo na hora da declaração. A simulação é feita calculando o potencial de doação baseado na declaração do ano anterior. “No cenário atual, com adversidades ainda provocadas pela pandemia, crise econômica, insegurança alimentar, entre outras, é fundamental que os brasileiros saibam que podem destinar seu dinheiro para projetos que proporcionam transformações na vida de muitas pessoas. Esse dinheiro, que já iria para o governo de qualquer maneira, será destinado a uma instituição que ele escolher”, reforça Rodolfo Schneider, gerente de engajamento e mobilização de recursos do Marista Escolas Sociais.

Organização é a palavra de ordem

Se organizar financeiramente contribui para que o término do ano aconteça com um pouco mais de tranquilidade. “É comum que as pessoas liguem o Imposto Solidário com o período de declaração nos meses de março a abril, mas é importante lembrar que no final do ano é que atingimos a maior totalidade com o potencial máximo de 6%. Segundo dados da Receita Federal, menos de 3% das pessoas fazem essa destinação”, reforça Schneider.

Para organizar seus gastos e praticar a solidariedade no final do ano. Confira algumas dicas do especialista:

Faça orçamento dos presentes

A vontade de sair comprando o primeiro item que você encontra e tem a cara daquele familiar ou amigo é grande, né? Mas nem sempre é a melhor opção. Fazer uma lista com antecedência e conferir os preços tanto em lojas físicas quanto na internet pode garantir uma economia valiosa para o final do ano.

Evite o acúmulo de dívidas

Nem sempre é uma tarefa fácil diante das incertezas econômicas, mas é bom lembrar de, se possível, evitar parcelas longas e a utilização do crédito, caso não tenha meios para pagar as faturas.

Utilize a calculadora online para conferir quanto você pode doar

Além de um ato de solidariedade, a doação de parte do Imposto de Renda faz parte da cidadania. Com a intenção de explicar o passo a passo para efetuar uma doação via Imposto de Renda, o Marista Escolas Sociais, que atende mais de 7 mil crianças, adolescentes e jovens em 19 Escolas e Unidades Sociais localizadas em áreas vulneráveis nos Estados de São Paulo, Paraná e Santa Catarina, disponibilizou informações para apoiar o contribuinte a identificar qual é o seu potencial de doação. Para acessar, a pessoa deve ter o recibo da sua última declaração,checar o valor do seu imposto devido e acessar o site impostosolidario.org.br.